Musicoterapia, você mais feliz!

Por: Tâmara

28 de agosto de 2012 14:11 | Saúde, Beleza e Bem-estar

Música, uma combinação de sons que podem ser emitidos de milhares formas em conjunto com o silêncio, sim do silêncio mesmo! Entre uma sinfonia e outra termina uma melodia é formada dando sentido a uma música onde nas pausas, escutamos o silêncio, que faz parte da música como um todo.

A música utilizada como instrumento para relaxamento já era utilizada antes mesmo da linguagem falada. Propriedades do som como altura, volume, timbre e duração resulta em um rítmo, harmonia ou melodias. Ou seja, música.

A música e sua capacidade de cura

A musicoterapia como o nome já diz, é um tratamento que utiliza como principal instrumento a música. Por meio de diversos ritmos, melodias e harmonias a musicoterapia ajuda a amenizar problemas emocionais, mentais, de ordem cognitiva ou mesmo problemas físicos.

Este tratamento surgiu no fim da Segunda Guerra Mundial onde vários músicos pegavam seus instrumentos e iam tocar em hospitais para os doentes e acidentados. Após a iniciativa destes músicos nos EUA e também na Europa, os médicos perceberam a melhora na velocidade de recuperação e do bem que estes músicos estavam fazendo aos pacientes internados.

Utilizando a musicoterapia a seu favor

O bom de tudo é que é muito simples aplicar a musicoterapia em seu dia a dia. Preste antenção nos sons que são emitidos ao seu redor, se for bocejar ao acordar, emita sons, eles irão lhe ajudar a liberar serotonina e endorfina. A mesma coisa acontece quando você canta, então cante mais no banheiro, no carro e espante todos os males ao seu redor. Evite sons que lhe irritem como uma buzina de carro por exemplo.
Cante mais, escute mais e aproveite sua vida de forma mais feliz!

Fonte: http://www.dicasdemulher.com.br
Túlio Krause

  • Jéssica Lizandro

    Olá, na verdade o texto de vocês dá a entender que cantar música sozinho, tocar ou perceber sons é musicoterapia. Isto é um grande equívoco. Fazer estas coisas, pode ter efeito relaxante ou outros efeitos positivos, mas não é musicoterapia!!! A musicoterapia só se dá a partir de uma relação terapeuta – cliente, se não existe um terapeuta, não existe musicoterapia. Lembrado também que esse terapeuta tem de ter uma graduação ou especialização em musicoterapia para exercer o papel.