Inclua damasco na dieta e aumente benefícios para sua saúde

Por: Tâmara

21 de setembro de 2010 15:12 | Alimentos de A a Z

O damasco, também conhecido como abricó, é uma fruta pequena e arredondada, com casca e polpa amarelas, ligeiramente rosadas ou alaranjadas. É uma fruta que pertence à mesma família do pêssego, porém menor do que este, de sabor mais ácido e polpa menos suculenta.

Damasco

É rico em proteínas, hidratos de carbono, vitaminas B3, B5, C, betacaroteno e ácido fólico. Possui alto teor de cálcio, magnésio, fósforo, potássio e enxofre. No damasco também encontramos as vitaminas A,  B1, B2 e B6 e os minerais cobre, ferro e zinco. Graças ao betacaroteno, é muito saudável para a pele, todas as membranas e mucosas, além de beneficiar a visão.

Existem cerca de 50 variedades desta fruta que teve origem na Ásia Ocidental e espalhou-se pela Europa por meio dos árabes. O seu sabor doce provém da elevada proporção de hidratos de carbono e sacarose que contém.

Tradicionalmente, o damasco tem sido recomendado para tratar doenças pulmonares, como a asma e diminuir o risco de câncer de estômago e pulmão. Por ser rico em betacaroteno, ajuda a evitar doenças do coração, derrame, catarata e algumas formas de câncer. Além disso, contribui para regular a pressão arterial, estabilizar as taxas de açúcar no organismo e prevenir a deficiência em ferro no corpo. O damasco é um fruto de fácil digestão, com propriedades mineralizadoras e laxantes, graças à grande quantidade de fibras que possui.

Damascos secos

Embora tenham mais calorias que os frescos, os damascos secos são considerados um dos melhores frutos para a saúde, constituindo-se em uma fonte concentrada e prática de se obter nutrientes. E se a intenção é manter a energia e fortalecer os ossos, o fósforo, o potássio e o cálcio contidos no fruto dão conta do recado.

Além do mais, o sódio ajuda na transmissão nervosa e equilibra fluidos no organismo. É o damasco, também, um grande aliado dos anêmicos. Indicado para raquitismo, desnutrição e cirrose hepática. Fortalece os dentes, unhas e cabelos, auxiliando em tosses, gripes e prisões de ventre, além de ser um ótimo estimulante do apetite.

Fontes: Centro Vegetariano – http://www.centrovegetariano.org e Blog Onda Verde – http://assessoriaondaverde.blogspot.com